Você está aqui: Página Inicial / Direito / Aluno do curso de Direito tem artigo científico publicado em revista internacional

Aluno do curso de Direito tem artigo científico publicado em revista internacional

Aluno do curso de Direito tem artigo científico publicado em revista internacional

O aluno do 5º período do curso de Direito da Faculdade Metodista Granbery, Vinicius Villani, teve seu artigo “Encontro “Jus-Literário” na tragédia grega: Medéia, Antígona e a hermenêutica jurídica” publicado na Revista de la Facultad de Derecho de la Universidad de la República, no Uruguai. O tema abordado foi a relação entre Direito e Literatura, um nicho dentro de Direito e Humanidades, uma temática recente e pesquisada por pessoas do mundo inteiro. Em questão, o contexto do trabalho foi a Tragédia Grega, com as obras Medeia e Antígona.

Sob orientação do professor de Direito Constitucional da Faculdade, Bruno Farage, o aluno abordou a importância da literatura em propiciar ao jurista uma observação do mundo com outro olhar, a partir do imaginário literário. “A literatura é uma grande precursora da formação cultural e isso contribui muito para a humanização do direito e para a humanização do profissional do direito”, ressalta Vinicius.

A obra Medeia é analisada e questionada no artigo com a utilização da legislação de países da América do Sul. “A gente percebe que a personagem principal, Medeia, não é uma infanticida, não tem os mínimos requisitos para isso. Então colocamos a legislação do Uruguai, da Argentina, do Chile e do Brasil para mostrar que ela não se enquadra. Já na obra Antígona, a gente apresenta as faces de justiça. Colocamos não só a questão do Direito Positivo e do Direito Natural, mas também as faces da justiça que estão intrinsecamente ligadas a isso”, explica o graduando.

A inspiração de Vinicius para o tema vem de sua paixão por Literatura Grega, do evento Direito & Cinema, que ocorre todo ano na Faculdade Metodista Granbery, realizado pela Granjur, a coordenação do curso e com auxílio do professor Guilherme Madeira, e dos direcionamentos críticos feitos pelo professor Bruno. “Com base nas aulas e nos professores da Instituição, eu consegui ter uma perspectiva crítica, não só sobre a obra, mas sobre outros assuntos, e isso foi extremamente importante”, complementa.