Você está aqui: Página Inicial / Notícias / FACULDADE METODISTA GRANBERY APRESENTA SEU NOVO DIRETOR

FACULDADE METODISTA GRANBERY APRESENTA SEU NOVO DIRETOR

FACULDADE METODISTA GRANBERY APRESENTA SEU NOVO DIRETOR

Walker Soares do Nascimento assumirá no dia 1º de fevereiro de 2016.

Após um processo de seleção que envolveu a Direção Geral das Instituições Educacionais Metodistas, o Conselho Superior de Administração do Cogeime (Consad), a Coordenação Geral de Ação Missionária (Cogeam) e o Colégio de Bispos da Igreja Metodista, foi selecionado o novo diretor da Faculdade Metodista Granbery: Walker Soares do Nascimento, que assumirá no dia 01 de fevereiro de 2016.

“É uma grande satisfação por ser Metodista e filho de Metodista exercer meu dom, que é trabalhar com educação”, afirma o novo diretor Faculdade Metodista Granbery.

Walker foi escolhido a partir de uma chamada pública lançada no final de 2015. Para se chegar ao seu nome, foram avaliados os currículos e a experiência de cerca de 20 candidatos. O novo diretor é mestre em Economia de Empresas pela Faculdade de Estudos Administrativos de Minas Gerais, com especialização em andamento em Metodologia e Gestão em Educação a Distância pela Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (UNIDERP), onde atuou como docente de cursos EAD e coordenador adjunto do curso de Administração de Empresas (EAD), e bacharelado em Administração de Empresas pelo Instituto Metodista Izabela Hendrix (IMIH). Até ser selecionado para a direção da Faculdade Metodista Granbery, Walker atuava como docente e coordenador do curso de Administração (presencial) da Faculdade Anhanguera de Campinas Unidade 3.

Walker acredita que o foco para se diferenciar no segmento educacional é a qualidade. “Nós acreditamos, por sermos metodistas, que a premissa é salvar o homem do pecado, e salvá-lo da ignorância. John Wesley fez isso esplendorosamente no começo de tudo. As instituições educacionais confessionais têm como diferencial a qualidade da educação e a valorização do ser humano. Esse é o grande diferencial das escolas comunitárias. Quando se fala de educação metodista, especificamente o Granbery, temos uma grande paixão ligada à educação. O Granbery é uma instituição consolidada, com um nome de excelência, e a ideia é continuar o trabalho, com foco no crescimento e na qualidade”, defende Walker.  

O modelo de financiamento para Instituições de Ensino Superior e a Metodologia e Gestão para Educação a Distância foram seus temas de pesquisa no mestrado e na especialização em andamento. Antes da UNIDERP, Walker atuou durante três anos na área administrativa do Instituto Metodista Izabela Hendrix. “Nós temos que trabalhar com as duas vertentes, o ensino presencial e a distância. Mas a educação a distância é o futuro. Com a resolução do MEC, os cursos presenciais podem ter um percentual de horas do EAD. O perfil do aluno mudou. Hoje o perfil não é o mesmo de 30 anos atrás. O mundo ficou mais dinâmico.”

A crise econômica parece não assustar o novo diretor da Faculdade Metodista Granbery. Sem negar o momento pelo qual o País passa, ele acredita que existe uma oportunidade de se enfrentar a crise: “precisamos nos reinventar, pois a crise nos dá oportunidade de exploramos o nosso diferencial, que é a qualidade na Educação acredita Walker. Para este ano de 2016, ele prevê a consolidação das vitórias que a Faculdade Metodista Granbery tem obtido.

Até 2014, a Faculdade Metodista Granbery era dirigida pela professora Elaine Lima de Oliveira, que, lamentavelmente, veio a falecer. Em julho de 2015 a professora Karen Estefan Dutra assumiu a direção da Faculdade, até o momento da atual seleção. “Somos imensamente gratos pela valorosa contribuição da professora Karen durante este período”, afirma Robson Ramos de Aguiar, diretor geral das Instituições Educacionais Metodistas.

Walker terá a incumbência de liderar uma instituição com quase 2.000 alunos na Educação Superior, sete cursos de graduação (a maioria estrelados pelo Guia do Estudante) e 24 cursos de Pós-Graduação, tanto presenciais, quanto a distância.

Sobre a Faculdade Metodista Granbery

As portas do ensino superior em Juiz de Fora foram abertas pelo Instituto Metodista Granbery. Quando o colégio já estava consolidado, em 1904, foram criadas as faculdades de Farmácia e Odontologia, sendo esta uma das primeiras no Brasil. Foi no Granbery, também, que se formaram os primeiros teólogos e pedagogos da cidade e do país, como, por exemplo, João Panisset. Na década de 30, as faculdades foram fechadas, fato que afastou o Instituto do ideal universitário por 60 anos.

Em 1999, o ensino superior volta a fazer parte da realidade do Granbery, com a faculdade de Administração. Mais tarde, foram criados os cursos de Sistemas de Informação (2001), Direito (2003), Educação Física – Bacharelado e Licenciatura (2003) e Pedagogia (2006). Agora, em 2016, o Granbery apresenta o curso de Engenharia Civil, que está com inscrições abertas para sua primeira turma. Outros novos cursos já foram aprovados e aguardam a publicação da portaria do MEC.

O ensino superior granberyense é um diferencial em Juiz de Fora. Não, apenas, porque o Granbery é a mais antiga instituição educacional da Zona da Mata Mineira. Mas, também, porque apresentar uma filosofia que engloba educação, cidadania e fé.