Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Curso de Educação Física do Granbery tem bom desempenho no Enade 2016

Curso de Educação Física do Granbery tem bom desempenho no Enade 2016

Graduação obteve nota 3 na avaliação do MEC
Curso de Educação Física do Granbery tem bom desempenho no Enade 2016


O Ministério da Educação (MEC) divulgou os resultados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) do ano 2016. As informações publicadas no Diário Oficial do último dia 31 de agosto são relativas às avaliações de cursos na área de Saúde e afins.

Os números revelados pelo MEC confirmam a qualidade da graduação em Educação Física oferecido pela Faculdade Metodista Granbery. Na avaliação, o curso obteve a nota 3, índice que atesta o seu bom nível.

No último mês, o curso de Educação Física já havia obtido bom desempenho em avaliação divulgado pelo Guia do Estudante, da Editora Abril. Na atual edição do ranking, o curso foi premiado com 3 estrelas.

Fernando L. Seixas F. de Carvalho, coordenador do curso, destaca como diferenciais da graduação fatores como a infraestrutura dos laboratórios modernos e bem equipados como os de Anatomia, Fisiologia, Biologia, Musculação e Avaliação. O complexo esportivo, com mais de 22 mil m², que conta com piscinas, ginásio, quadras, campo, sala de dança e lutas também foi citado pelo docente.

“O curso de Educação Física do Granbery movimenta muito o cenário local com vários eventos internos e externos. Também temos projetos de extensão e grupos de pesquisa para atendimento à comunidade e aprendizagem na prática, além de contarmos com professores experientes e titulados”, explica Fernando L. Seixas F. de Carvalho.

Avaliação

O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes foi concebido pelo Ministério da Educação como instrumento de avaliação do rendimento dos concluintes dos cursos de graduação. A prova analisa o conhecimento dos alunos em relação aos conteúdos programáticos, habilidades e competências adquiridas em sua formação em nível geral e específicos às carreiras.

A participação dos estudantes no Enade é obrigatória e a avaliação é trienal para cada campo do conhecimento. Em 2016, o ciclo contempla as graduações da área de Saúde e afins.

Outros índices

O Ministério da Saúde também anunciou que a partir do mês de novembro irá divulgar outros dois índices que consideram a prova do Enade como base. Os dados em questão serão o Conceito Preliminar do Curso (CPC) e Índice Geral de Cursos (IGC), que consideram o desempenho dos estudantes, infraestrutura, formação dos professores e ainda indicadores da pós-graduação.