Você está aqui: Página Inicial / Notícias / ALUNA DO DIREITO LANÇA LIVRO NA PRÓXIMA SEXTA-FEIRA

ALUNA DO DIREITO LANÇA LIVRO NA PRÓXIMA SEXTA-FEIRA

ALUNA DO DIREITO LANÇA LIVRO NA PRÓXIMA SEXTA-FEIRA

A estudante do 3º período do curso de Direito da Faculdade Metodista Granbery, Flávia Stephan, fará o lançamento de seu primeiro livro, intitulado “Salaam”, na próxima sexta-feira, 20 de maio, às 19h, na Livraria Saraiva, no Independência Shopping.

A obra é um romance de guerra, mas que aborda muitos temas relacionados ao Direito Internacional. De acordo com a autora, todo o livro foi escrito a partir de pesquisas sobre oriente médio, terrorismo, etnias, guerras, dentre outros. “Os dados sobre as armas, cenários, atentados são reais. Apenas os personagens são fictícios”, explica Flávia.

Confira a sinopse do livro:

ESSA É UMA HISTÓRIA SOBRE A GUERRA, sobre a morte, sobre patriotismo, violência, pobreza, intolerância, terrorismo, tortura, família e, acima de tudo, uma história sobre um amor periso e proibido. É a história de um pai corroído pela culpa e disposto a sacrificar qualquer coisa para resgatar seu filho de dezenove anos desaparecido em combate no Afeganistão. É a história de um grupo das Forças Especiais norte-americanas que atravessa um país em guerra para resgatar um soldado que eles acreditam ter informações sobre um novo ataque da Al-Qaeda maior que os de 11/09. É a história de uma irmã que moverá céus e terra para encontrar seu irmãozinho, de uma mercenária atípica que guarda um segredo terrível e, enquanto todos arriscam tudo para resgatá-lo, de um garoto chamado Jack que se apaixona por Sharbat, uma das esposas de Ashir, o camponês que o resgatou dos destroços de um caminhão explodido e pretende trocá-lo com os americanos por mercadorias. Ao se envolver com a esposa do homem que salvou sua vida Jack também está arriscando tudo para salvar uma jovem da violência brutal do seu marido. E pelo caminho, graças à força do seu amor e coragem, Jack descobrirá uma informação que pode salvar muitas vidas e ajudar seu país a vencer a guerra. Se sobreviver para contar a história.