Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Granbery está com inscrições abertas para Bolsa Social Metodista

Granbery está com inscrições abertas para Bolsa Social Metodista

Granbery está com inscrições abertas para Bolsa Social Metodista

A Faculdade Metodista Granbery está com inscrições abertas para a Bolsa Social Metodista, que oferece bolsas de 50% para novos alunos nos cursos de graduação presencial. As bolsas são válidas a partir do 1º semestre de 2019. Para se inscrever, o candidato deve ter participado do ENEM dos anos de 2015, 2016, 2017 ou 2018.

As inscrições devem ser efetuadas exclusivamente pela internet, por meio de preenchimento do formulário de bolsa no seguinte período:

  • 1ª Fase: de 22 de janeiro a 27 de janeiro de 2019
  • 2ª Fase: de 28 de janeiro a 03 de fevereiro de 2019
  • 3ª Fase: de 04 de fevereiro a 10 de fevereiro de 2019


O processo seletivo da Bolsa Social Metodista será constituído de três chamadas dos pré-selecionados, conforme os inscritos em cada fase:

  • 1ª Fase: Divulgação dia 29/01/2019
  • 2ª Fase: Divulgação dia 05/02/2019
  • 3º Fase: Divulgação dia 12/02/2019


A lista com os candidatos pré-selecionados e o prazo para entrega dos documentos será divulgada no Portal do Granbery, após às 18h, dos dias mencionados acima. O candidato pré-selecionado deverá comparecer ao campus da Faculdade Granbery, munido do formulário de inscrição e da cópia dos documentos e de cada um de seus componentes do grupo familiar.

Para mais informações a respeito da pré-seleção, documentação necessária, prazos e matrícula, acesse o Edital.

 

Mais informações: 

Para concorrer à Bolsa Social Metodista, é preciso atender aos seguintes critérios:
  • ser brasileiro, não portador de diploma de curso superior;
  • ter cursado o Ensino Médio em escola da rede pública;
  • ter cursado o Ensino Médio em instituição privada na condição de bolsista integral da respectiva instituição;
  • ter cursado o Ensino Médio parcialmente em escola de rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição;
  • pontuação mínima de 450 pontos no ENEM e não ter zerado na prova de redação;
  • não possuir vínculo acadêmico em instituição pública de ensino superior;
  • não participar de outro programa de bolsa de estudo;
  • atender aos requisitos de renda estabelecidos na legislação filantrópica que regulamenta a concessão de bolsa, cuja renda familiar bruta mensal per capita não exceda o valor de 3 (três) salários mínimos para bolsa parcial.