Você está aqui: Página Inicial / Curta Duração / Cursos de Extensão / Capacitação em Arquitetura e Engenharia de Estabelecimentos Assistenciais de Saúde (EAS) / Hospitalares

Capacitação em Arquitetura e Engenharia de Estabelecimentos Assistenciais de Saúde (EAS) / Hospitalares

Inscrições encerradas.
Aguarde informações sobre as turmas do 2º semestre de 2018.

 


Carga horária: 32 h/a
Vagas: 40
Certificação: Frequência mínima de 75% nas aulas. Para matrículas feitas após início do curso, não haverá abono de faltas.
Investimento: R$ 260,00 (à vista no cartão de débito ou em duas parcelas no cartão de crédito)
Informação importante: Serão considerados ex-alunos(as), para fins de desconto nas parcelas dos Cursos de Curta Duração, aqueles(as) que já concluíram cursos de graduação ou pós-graduação na Faculdade Metodista Granbery; ou ainda aqueles(as) que estudaram no Colégio Metodista Granbery por um período igual ou superior a 5 anos.
Desconto para empresas conveniadas: confira o regulamento

 

OBJETIVOS

Desenvolver e ampliar o entendimento e o conhecimento na área de arquitetura e engenharia em estabelecimentos assistenciais de saúde. Prover ao profissional o conhecimento básico para a coordenação, gerenciamento, planejamento e projeto de unidades de saúde, em todos os aspectos seja tecnológico e científico, no sentido de compreender a complexa estrutura das unidades de saúde em todos os seus níveis: Primário, Secundário e Terciário. Possibilitar o profissional o treinamento indispensável para intervir adequadamente no planejamento e projeto de unidades de saúde, compatibilizando novas formas de gestão na administração do espaço hospitalar no que diz respeito à adequação, projeto, gestão e administração destes espaços, com ênfase na Humanização Hospitalar e aprovação nos órgãos competentes.

 

FINALIDADE

- Conhecer o sistema de saúde do Brasil e respectivas edificações para assistência à saúde;
- Tornar-se apto a participar de uma equipe de planejamento físico de estabelecimentos de saúde;
- Indicar e descrever os materiais de acabamentos mais indicados nos EAS;
- Aprender noções sobre as novas tecnologias da arquitetura e engenharia na área de assistência à saúde;
- Compreender as normas e a sistemática de aprovação de um projeto físico, em especial no âmbito do sistema de vigilância sanitária;
- Aprender a dimensionar o programa de necessidades do edifício hospitalar de acordo com as normas da ANVISA;
- Planejar fluxos de serviços e atividades físico-funcionais;
- Aprender noções sobre as instalações prediais e especiais hospitalares: elétrica, hidráulica, sanitária, fluido-mecânica, comunicações, climatização, gás, gases medicinais, tratamento dos resíduos de saúde (hospitalar, comum, especiais);
- Auxiliar na Elaboração dos planos diretores hospitalares para unidades que necessitam de ampliações e reformas: estratégias e modelos de planejamento, como membro da equipe multidisciplinar;
- Conhecer sobre os sistemas construtivos mais adequados para as unidades de saúde;
- Desenvolver projetos arquitetônicos de unidades hospitalares, postos e centros de saúde, ambulatórios, unidades de pronto-atendimento, laboratórios, clínicas especializadas e centros de diagnóstico. 

 

PÚBLICO-ALVO

Arquitetos, engenheiros, estudantes de arquitetura e de engenharia e profissionais que atuam no desenvolvimento dos projetos arquitetônicos para estabelecimentos assistenciais de saúde e aprovação junto a vigilância sanitária


PROFESSORA RESPONSÁVEL

Vera Maria Burnier Ganimi Filha

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

- Histórico sobre o planejamento físico em saúde;
- Conceito de saúde;
- A legislação aplicável (Resolução ANVISA RDC nº 50/2002): objetivos, abrangência e metodologia e outras;
- O papel do profissional capacitado em um edifício de saúde;
- O processo de planejamento, programação e projeto: etapas e produtos;
- As tipologias de edifícios existentes e unidades funcionais do estabelecimento assistencial de saúde – EAS;
- As instalações prediais: ordinárias e especiais;
- A arquitetura e a engenharia podem ajudar no controle de infecção;
- Materiais de acabamento mais adequados em um EAS;
- Aprovação de projetos físicos na área da saúde junto as VISA’s Locais

 

METODOLOGIA

1º encontro: Na forma de apresentação em PowerPoint (programa de exibição de slides), serão ponderados alguns conceitos e metodologias, destacando os objetivos, justificativas, assim como um histórico para maior entendimento da elaboração desses projetos e gerenciamento.

2º encontro:
Relatar as subdivisões em 04 etapas que são: A geração de informações para o início do projeto, o programa de necessidades, o anteprojeto e o projeto para execução. Para cada uma das etapas de projeto são definidos os tópicos que deverão ser analisados, bem como os produtos finais que devem ser apresentados pelos projetistas em cada uma delas.

3º encontro:
Rodas de discussão e debates para maior integração da turma e assimilação e construção do conteúdo apresentado. Será relatado os conceitos para elaboração de cada projeto específico apresentando uma série de soluções que, utilizando-se de componentes especiais e de técnicas construtivas adequadas, permitam a incorporação das instalações prediais à obra com o mesmo grau de racionalização e eficiência. Destacando as principais normas e regulamentos relativos.

4º encontro:
 Serão relatados conceitos e metodologias de gerenciamento de projetos e obras, apresentando que esse é parte integrante de qualquer obra devendo ser compreendido como um investimento indispensável, destacando as importâncias nos ganhos que são significativos: rapidez na conclusão dos prazos, segurança nas informações e confiança no suporte técnico, são com toda certeza, fatores que reduzem o estresse do cliente e justificam esse serviço. Apresentar também as metodologias e as experiências relevantes de excelência, como utilizar e por que. Estudo de Casos.
 

AVALIAÇÃO

A avaliação para verificar se houve compreensão por parte dos alunos com relação ao tema já citado será realizado através de um trabalho final, será feito com um grupo formado de quatro a cinco estudantes, será realizado em um projeto, no qual serão avaliadas as noções básicas e metodologias de elaboração e gerenciamento de projeto e obras.


CRONOGRAMA 

1º encontro: 8 horas/aula
2º encontro: 8 horas/aula
3º encontro: 8 horas/aula
4º encontro: 4 horas/aula
Avaliação: 4 horas/aula


Mais informações: (32) 2101-1860
Você pode ainda fazer a inscrição pessoalmente na Sala de Coordenação de Cursos, da Faculdade Metodista Granbery, das 8h às 21h.
Rua Batista de Oliveira, 1145 – Granbery (entrada pela Rua Sampaio)
Não fazemos reservas de vagas.